Mulher mostra como endometriose afeta seu corpo.

Ainda há um estigma em falar sobre problemas que afetam mulheres - especialmente aqueles ligados ao sistema reprodutivo. O mesmo vale para menstruação, uma vez que mulheres sentem que não podem falar sobre doenças como dismenorreia ou endometriose. Felizmente, as coisas estão mudando aos poucos. Um aspecto positivo sobre as redes sociais é que ela dá uma voz às pessoas sofrendo com problemas sobre os quais elas tinham vergonha ou medo de falar abertamente.    

 

Esse foi o caso de Thessy Kouzoukas. A britânica de 27 anos postou duas fotos no Instagram que deixou seus 110 mil seguidores chocados. As imagens mostram Thessy nua em frente ao espelho, mas é difícil de acreditar que seja a mesma pessoa. Na descrição, ela explica por que postou as fotos: 

 

This is quite shocking to people. This is me. This is endometriosis. I never intended to share these photos hence why I'm naked, but my god I can't believe the amount of DM's I've received from girls who have endo too and feel alone. The left is my stomach 3 weeks after a ruptured cyst (5 weeks ago). The right is me now, on a drug called "synarel" that has stopped all my hormones and sent me into menopause at the age of 27. My upcoming trip to Greece along with this drug is in hopes to get me prepped and in the best condition both physically and mentally for an operation I'm receiving in late August. Endo is no joke. I'll be operated on for 7+ hours and hospitalised for a week. Please, spread the word about endo. And If you know anyone with bad period pain PLEASE tell them to get checked for this. And to my girls with endo.. you're not alone ❤️

Ein Beitrag geteilt von Thessy Kouzoukas (@thessy.k) am

 

"Isto é bem chocante para as pessoas. Esta sou eu. Isto é endometriose. Eu nunca pretendi compartilhar estas fotos, tanto que estou pelada, mas meu Deus, eu não acredito na quantidade de mensagens que tenho recebido de meninas que também tiveram endo e se sentem sozinhas. À esquerda está meu estômago 3 semanas depois de um cisto rompido (5 semanas atrás). À direita estou eu atualmente, sob uma droga chamada "synarel" (nafarrelina) que parou todos meus hormônios e me colocou em menopausa aos 27 anos. Minha próxima viagem à Grécia com essa droga, é na esperança de me preparar da melhor forma, tanto física quanto mentalmente, para uma operação pela qual passarei no final de agosto. Endo não é brincadeira. Eu passarei por uma cirurgia de 7+ horas e ficarei hospitalizada por uma semana. Por favor, espalhe esta mensagem sobre a endometriose. E se você conhece alguém com muitas dores menstruais, POR FAVOR, diga-lhe para checar com um médico. E para minhas meninas com endo... vocês não estão sozinhas."

Que coisa incrivelmente corajosa para se fazer. 

 

Matching tracksuit = coordinated slob

Ein Beitrag geteilt von Thessy Kouzoukas (@thessy.k) am

Como Thessy apontou, endometriose não é brincadeira. Ela é conhecida como "doença silenciosa", uma vez que muitas mulheres sentem que não podem falar sobre ela. É estimado que 10% das mulheres de todo o mundo sofram com a doença, na qual a camada de tecido que normalmente cobre o interior do útero cresce para fora dele. No entanto, as causas da doença permanecem desconhecidas: alguns acreditam que é devido a problemas no sistema imunológico das mulheres. Endometriose também pode ser hereditário, passando de mãe para filha. 

Os sintomas podem variar, indo desde enormes dores menstruais (dismenorreia) e desconforto durante o sexo até sangramento fora do período menstrual e também infertilidade (ainda que esse último seja menos comum). A dor excruciante da endometriose pode até deixar algumas mulheres incapacitadas. A má notícia é que ainda não há cura para a doença, e tratamentos só podem ajudar a reduzir os sintomas. Enquanto algumas mulheres acham que contraceptivos e anti-inflamatórios aliviam a dor, tratamento médico só realmente funciona caso a caso.     

endo

Ainda que muitas mulheres sofram dessa doença, poucas sentem que podem discuti-la abertamente, já que ainda é considerado um tabu em muitos lugares. É comum que mulheres sofram em silêncio e digam que estão bem, pois ainda há muitas pessoas que não consideram isso uma doença. 

Graças a mulheres corajosas como Thessy, as mulheres que sofrem dessas enfermidades não precisam mais se sentir sozinhas e não compreendidas. Esperamos que a maior conscientização mude a visão das pessoas sobre essa doença. Mulheres sofrendo desse problema precisam ser ouvidas para que possam receber o apoio necessário. Se você acha que tem endometriose, não hesite em ir ao médico. Desejamos tudo de melhor para Thessy e mulheres em situação similar nessa luta. Não fique com medo de falar: você não está sozinha! 

Comentários

Também incrível