Produtos de higiene podem conter prejudiciais microesferas de plástico.

Todos nós sabemos que, em nome do lucro, diversas empresas colocam ingredientes dentro dos produtos que nós nem imaginamos. A triste notícia é que alguns destes componentes misteriosos podem ser prejudiciais a nossa saúde. Sendo assim, uma ida ao supermercado pode ser uma verdadeira roleta russa. Nos Estados Unidos, uma mulher descobriu isso da pior maneira e resolveu não ficar calada.

Emily Lallouz, do estado da Califórnia, fez há algumas semanas uma visita ao dentista por conta de um tratamento de canal. Chegando lá, ela reparou que a doutora estava examinando sua gengiva com muito mais atenção do que de costume. Com a ajuda de uma pinça, a mulher não parava de remover pedaços AZUIS escondidos por trás da mucosa.

Após alguns minutos de concentração, a dentista perguntou a Emily se ela usava uma pasta de dente específica. Ao assentir, a profissional então explicou que aqueles muitos pedacinhos azuis eram, na verdade, microesferas de plástico! Presentes em produtos que prometem fazer uma limpeza profunda, essas bolinhas podem ficar presas na nossa gengiva e causar dolorosas inflamações. E o pior: elas não ajudam em nada na higienização dos dentes. Seu uso é meramente estético porque a pasta fica com "aparência" de ser mais eficaz. 

Jumble Joy

Revoltada, Emily decide alertar a todos, postando esta história no seu Facebook:

Hey guys just thought I'd share this with you all! I had a root canal done last week and while she was irrigating she...

Posted by Emily Lallouz on Montag, 8. Juni 2015

Entretanto, a inflamação na nossa boca não é a pior das consequências. Infelizmente, estas micro esferas são também altamente prejudiciais para o meio ambiente. Depois que terminamos de escovar os dentes, elas seguem seu caminho pelo ralo da nossa casa até chegar aos rios e oceanos. Os filtros das estações de tratamento não conseguem parar essas partículas diminutas de plástico. Uma vez na água, elas absorvem produtos tóxicos como pesticidas, metais pesados e outros tipos de poluentes. Eventualmente, as esferas acabam sendo comidas por peixes e podem voltar direto para sua mesa! E você achando que não comia plástico...

Fish, Chips, Salad - Hightide AUD9.50

Muitas instituições ao redor do mundo estão denunciando esse tipo de produtos. Na Alemanha, por exemplo, as microesferas foram banidas no início de 2015. Já nos Estados Unidos, a medida ainda está em debate, mas alguns estados se adiantaram na proibição gradual destes componentes prejudiciais. Entretanto, no Brasil, elas ainda são permitidas e poucas pessoas sabem dos riscos envolvidos.

E fique atento: estas mini partículas de plástico estão também presentes em outros cosméticos como esfoliantes para rosto, esmaltes para unhas, sabonetes líquidos e sombras para os olhos.

Para se proteger, olhe bem o rótulo dos produtos. Não compre se você encontrar algum destes ingredientes: polietileno (PE), polipropileno (PP) ou poliestireno.

Esta é uma lista com todos os componentes que podem indicar a presença das micropartículas de plástico:

Uma alternativa é usar produtos feitos em casa. Apesar de darem um pouco de trabalho, eles tem ótimos resultados e são bem mais seguros. Além disso, existem também alternativas disponíveis no mercado. Alguns esfoliantes, por exemplo, usam sementes trituradas ou açúcar como agentes de atrito, ao invés das partículas de plástico. 

Depois do susto no dentista, Emily passou a fabricar a sua própria pasta de dente. Para isso, ela usa bicarbonato de sódio e óleo de coco. Diversos websites na internet ensinam esta receita e uma delas você pode ver aqui.

Estas miniesferas deveriam simplesmente ser proibidas, mas enquanto essa lei não chega, cada um de nós pode fazer a sua parte. Não destrua a natureza e não estrague a sua saúde!

Comentários

Também incrível