O cocô dos bebês mostra quão inteligentes eles são.

Quando você troca a fralda do seu bebê, a única coisa na sua mente é: termina logo com isso e joga tudo fora o mais rápido possível. Mas você deveria pensar duas vezes antes de fazer isso. Na verdade, cientistas descobriram que é possível medir a inteligência do seu filho graças ao cocô.

DSC02203

Esses cientistas da Universidade da Carolina do Norte (UNC), nos Estados Unidos, fizeram um estudo incomum para provar que a habilidade cognitiva de uma criança está ligada às bactérias nas fezes. 

 

Para isso, eles coletaram fezes de 89 bebês de 1 ano e as classificaram de acordo com o tipo de bactéria contida nelas. Um ano depois, eles testaram a habilidade cognitiva dos bebês para medir sua inteligência. Eles passaram por testes de coordenação motora, percepção e desenvolvimento da linguagem.

 

Os resultados mudaram de acordo com as categorias. As fezes classificadas "bacteroides" pertencem às crianças mais inteligentes. No final do ranking estão as crianças cujas fezes foram classificadas como "faecalibacterium". As bactérias das fezes estão realmente relacionadas a inteligência.

Além disso, as crianças com pouca variedade de bactérias em suas fezes foram melhor nos testes do que as que tinham uma grande variedade. Os cientistas ficaram muito surpresos, pois esperavam o contrário.

A equipe de cientistas também descobriu que o tipo de bactéria estava relacionado à origem étnica, ao período de amamentação e às circunstâncias do nascimento da criança.

 

Mas esse estudo não explica de que maneira as bactérias nas fezes influenciam a nossa inteligência, ou como ambas estão relacionadas. 

Além disso, o estudo foi feito com 89 bebês, o que não é realmente representativo. Então, devemos fazer mais estudos para descobrir mais sobre esse assunto. Os mistérios do cocô continuam firmes e fortes! 

Comentários

Também incrível